in

10 de Junho: Oeiras inaugura escultura evocativa da libertação dos presos de Caxias

Oeiras, Lisboa, 08 jun 2020 (Lusa) — A inauguração de uma escultura evocativa da libertação dos presos políticos de Caxias e a homenagem aos militares mortos na guerra do Ultramar são algumas das iniciativas previstas na quarta-feira em Oeiras para assinalar o Dia de Portugal.

A peça da autoria do escultor Sérgio Vicente ficará colocada numa zona ajardinada junto à entrada da Quinta Real de Caxias e da estação de comboios, explica a Câmara Municipal de Oeiras, no distrito de Lisboa, em comunicado.

A nota refere que esta obra é composta por um material “resistente de aço corten, lembrando uma chama viva”.

Relativamente ao local onde ficará colocada a escultura, a Câmara de Oeiras explica que era na estação de caminho de ferro de Caxias que “eram esperados pela polícia política, provida de cães, os familiares e visitas dos presos, com a intenção de os amedrontar”.

A inauguração da escultura terá lugar às 12:00 na Estrada da Gibalta.

Outro dos momentos mais importantes das cerimónias do 10 de Junho é a tradicional cerimónia de homenagem aos militares do concelho que morreram na guerra do Ultramar.

A homenagem decorrerá a partir das 10:00, na Praça do Ultramar, no bairro da Figueirinha.

Pelas 11:00, a autarquia irá inaugurar obras de requalificação urbana do cruzamento da Rua Oeiras do Piauí com a Avenida Doutor Francisco Sá Carneiro e Avenida do Ultramar.

“A alteração da configuração do anterior cruzamento, por uma solução de rotunda, teve por objetivo melhorar as condições de circulação no local, entre os bairros da Figueirinha e do Moinho das Antas”, justifica a Câmara de Oeiras.

Esta obra, orçada em cerca de 440 mil euros, incluiu o reforço da arborização da zona.

FAC // ROC

Sugestões para ti