10 Formas para aprender a zelar pelo teu bem-estar

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Por Sherrie Campbell, psicóloga norte-americana

Eis um facto simples: se não tomarmos conta de nós próprios, ninguém mais o fará. Se quisermos alcançar sucesso pessoal e profissional, conseguimo-lo melhor se adotarmos uma postura de vida descontraída e espontânea do que se adotarmos o mais rígido dos regimes.

Por exemplo, podemos seguir a melhor dieta do mundo, dormir as horas de sono recomendadas, fazer exercício diariamente, hidratarmo-nos e, mesmo assim, sentirmo-nos exaustos pela exigência do quotidiano. Sentirmo-nos saudáveis é uma mais-valia para minimizar os aspetos negativos que nos traz o stress do dia-a-dia, sem dúvida.

Mas a vida vai muito para alem de seguirmos uma disciplina diária ou qualquer obrigação. Temos de encontrar um equilíbrio e, da mesma forma que adotamos essa disciplina, temos de a viver de coração aberto e de forma espontânea. E como o conseguimos? Eis algumas sugestões.

1 Relaxa com uma bebida bem quente…

Não há nada melhor para a alma do que uma bebida quente, independentemente da altura do ano ou doa dia. Uma bebida quente vai ajudar a abrandar o ritmo e fornecer a tranquilidade que se pretende para alcançar paz interior. Além disso, seja que tipo de bebida for, se estiver quente será sempre calmante. Por isso, senta-te, agarra uma bebida quente e faz uma pausa durante 10 minutos. Outro conselho importante: evita a cafeína. Desta forma, os níveis de ansiedade vão baixar, o sangue vai circular melhor e os níveis de energia vão subir.

2 Diverte-te com a comida!

Mantermos uma dieta rica em nutrientes e equilibrada é um passo crucial para conseguirmos uma vida em pleno, com mente, corpo e espirito saudáveis. Neste sentido, é importante termos noção da quantidade e da qualidade daquilo que comemos, mas sempre sem grandes exageros, porque afinal: comer pode ser algo bastante divertido! Senão repara: a comida reúne familiares e amigos à mesa, traz energia, ajuda à manutenção saudável de corpo e mente e é, ainda, algo bastante criativo. Além disso, a comida traz outra grande mais-valia aos teus dias: obriga-te a fazer pausas. Como para organizares as tuas refeições e para te sentares a comer. Saltar uma refeição é algo, não só prejudicial em termos nutricionais, como se revela, também, algo pouco benéfico em termos de relaxamento.

3 Senta-te e desfruta de um bom filme ou da tua série de televisão preferida

Não há negá-lo: ver um filme ou uma série de televisão é algo que proporciona entretenimento em doses generosas! É algo que podemos fazer sozinhos em casa ou acompanhados por aqueles de quem mais gostamos e com quem partilhamos algum tipo de intimidade. Além disso, se for uma série que está na berra, um jogo de futebol importante ou um dos filmes nomeados para o Óscar, é sempre algo que funciona como um bom tema de conversa e uma boa desculpa para fazer uma pequena pausa e desviar as suas preocupações e o seu stress para algo mais relaxante. Se, por outro lado, te sentires emocionalmente instável e não quiseres debater nada socialmente, um programa de televisão informativo ou um documentário podem funcionar como terapia, lembrando-te da tua essência como ser humano.

4 A tua responsabilidade é também a tua liberdade

A melhor forma de zelarmos pelo nosso bem-estar é sermos responsáveis por nós próprios. Pensa nisto: não existe qualquer tipo de correlação entre irresponsabilidade e saúde ou irresponsabilidade e sucesso. É tão simples quanto isto: se queres sentir-te bem contigo próprio e se procuras obter sucesso, seja a nível pessoal ou profissional, não há nada como tomares tu as rédeas da tua vida. E para que isso aconteça é importante que, primeira, identifiques os fatores que te provocam algum tipo de stress e, depois, que os afastes. A seguir, foca-te naquilo que realmente é importante para ti e passa as responsabilidades para segundo plano. Pode parecer contraditório, mas se tiveres consciência das tuas responsabilidades, mas não viveres a tua vida com base nelas, vais sentir-te muito mais livre e, ao mesmo tempo, muito mais estável. A liberdade ajuda a manter o foco. Se viveres com base em obrigações e responsabilidades, vives sob stress e de forma demasiado presa. Resumindo, é importante teres noção das tuas responsabilidades, mas seres capaz, ao mesmo tempo, de te libertares delas para, aí sim, tomares rédeas da tua vida!

5 Procura o silêncio

O mundo é um lugar barulhento. A nossa mente é barulhenta. Os miúdos são barulhentos. Os amigos são barulhentos. A família é barulhenta… Ufa! A vida é demasiado barulhenta… É crucial termos momentos de silêncio nas nossas vidas, de forma a conseguirmos algum equilíbrio. O barulho que invade as nossas vidas, muitas vezes sem darmos conta, é algo que nos pode trazer muita negatividade e stress. Parar um pouco e desfrutar desse tempo em silencia vai ajudar-te a ter uma nova perspetiva de vida e a perceber o que é importante ou não. Uma sugestão: cria ciclos de paragem de 15 a 30 minutos por dia, vais ver que faz toda a diferença!

Qual a sua opinião?