in

25 de Abril: Obra em vídeo celebra data ‘online’ com amor e esperança

Lisboa, 23 abr 2020 (Lusa) – Um vídeo com depoimentos de pessoas que resistiram à ditadura, focado nas relações amorosas e na esperança de liberdade, vai ser exibido ‘online’ no sábado para celebrar o 25 de Abril, resultado de uma iniciativa promovida pelo primeiro-ministro.

Criada especificamente para as comemorações do 25 de Abril em 2020, a obra, hoje anunciada, intitula-se “Agora Que Não Podemos Estar Juntos” e foi criada pela Companhia Hotel Europa, tendo sido em grande parte gravada nos jardins da residência oficial do primeiro-ministro, em Lisboa, onde tradicionalmente se realizam comemorações da Revolução dos Cravos.

Devido ao isolamento social exigido para conter a pandemia de covid-19, o Governo pediu este ano aos portugueses para não festejarem nas ruas e, nesse sentido, o primeiro-ministro, António Costa, desafiou os diretores dos teatros nacionais a criarem um projeto que assinalasse a data ‘online’.

A obra filmada será apresentada no sábado, às 15:30, nas diversas plataformas digitais do Governo, nomeadamente nas redes sociais Facebook e Twitter.

Através de uma conversa por via digital, a Lusa falou com o criador artístico André Amálio e com três dos quatro diretores artísticos dos teatros nacionais de São Carlos, São João e D. Maria II, e da Companhia Nacional de Bailado, que responderam ao desafio de serem curadores do projeto lançado por António Costa para festejar os 46 anos da revolução.

“Essa luta antifascista não desapareceu e pode servir-nos de exemplo hoje, que estamos também em luta de um modo muito particular, estando isolados, sozinhos, a conviver de perto com o medo, tal como aqueles que resistiram à ditadura”, comentou André Amálio.

Segundo os curadores, a obra em vídeo “Agora Que Não Podemos Estar Juntos” faz parte de um díptico que inclui ainda um espetáculo que será apresentado futuramente, quando os portugueses puderem novamente festejar juntos, e onde serão os próprios protagonistas a contar as suas histórias.

Sugestões para ti