4 benefícios surpreendentes da maconha para a saúde

Apesar do consumo de maconha medicinal em Portugal ser legal desde fevereiro deste ano, as discussões sobre os efeitos da droga ainda causam controvérsias. Mesmo com um estudo publicado no periódico americano “American Journal of Drug and Alcohol Abuse” indicando que adolescentes fazem menos uso de maconha após a sua legalização, ainda há quem resista radicalmente contra a regulação.

Essa desconfiança em torno da droga e sua legalização, no entanto, muitas vezes tem sua origem no preconceito e na falta de informações sobre o produto. Afinal, a maconha, ao contrário de outras drogas conhecidas, é um produto da natureza, não de manipulações químicas duvidosas e possivelmente danosas à saúde. Aliás, o uso da maconha já apresentou vários benefícios nas mais diversas situações.

A seguir, apresentamos os quatro benefícios mais conhecidos e surpreendentes do uso da maconha para a saúde de quem consome a droga. Saiba quais são eles:

1. FAZ BEM PARA OS PULMÕES

Uma das maiores preocupações de quem fuma – e de quem não fuma, mas convive com fumantes – é a saúde dos pulmões. Afinal, já é comprovada a relação entre o hábito de fumar cigarros “normais”, à base de nicotina, e o câncer de pulmão. No entanto, quando o assunto é maconha, que tem um princípio ativo diferente, o THC (Tetraidrocanabinol), a situação parece ser diferente.

Pelo menos foi o que concluiu um estudo feito por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos EUA, que compararam os pulmões de fumantes de maconha e de cigarros comuns. Surpreendentemente, o resultado apontou que os maconheiros tinham pulmões mais saudáveis, possivelmente devido ao hábito de inalar profundamente a fumaça, o que ajuda a expandir a capacidade pulmonar.

2. TRATAMENTO CONTRA CÂNCER

Além de ainda não haver nenhum estudo que tenha achado relação entre o consumo da maconha e o surgimento de câncer, muitos pesquisadores acreditam que o THC ajuda a inibir o crescimento de tumores. Não apenas isso, como a maconha já se mostrou extremamente eficaz para aliviar a dores e outros sintomas da doença e os efeitos colaterais de seus tratamentos, como a quimioterapia.

3. CONTRA ESCLEROSE MÚLTIPLA

Embora a incidência da esclerose múltipla seja relativamente baixa, pessoas com a doença sofrem com dores e rigidez muscular que comprometem sua qualidade de vida. Contudo, o THC já mostrou-se eficaz para combater as dores neuropáticas e evitar crises graves. Já existe até mesmo um remédio composto pelos princípios ativos da cannabis, que é comercializado em países como Inglaterra, Canadá, entre outros. Há estudos também que investigam os efeitos benéficos dos canabinóides na prevenção de crises epilépticas, cujos medicamentos atuais possuem inúmeros efeitos colaterais.

4. PODE PREVENIR O GLAUCOMA

O glaucoma é uma doença caracterizada pelo aumento da pressão do líquido dentro do olho, o que pode até mesmo levar à cegueira. Porém, a maconha já mostrou ser capaz de baixar a pressão intraocular, o que supostamente preservaria a visão. No entanto, para que esse “remédio” fosse eficaz, seria necessário fumar maconha a cada três horas, o que deixaria a pessoa “chapada” eternamente. Porém já existem estudos que buscam aplicar os efeitos do THC a colírios, que não afetam o cérebro.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web