500€ para quem denunciar autor de “enforcamento” de gato na Guarda

Um gato foi encontrado enforcado, preso a uma rede de uma vedação, com um mosquetão agarrado à coleira, na avenida São Miguel, na Guarda.

A denúncia foi feita nas redes sociais pela Qoasmi – Associação Protectora dos Animais da Guarda, e gerou indignação junto da população.

No passado domingo, a associação revelava:

“Hoje, enquanto tentávamos resgatar um cão demos com este gato. Este gato provavelmente debateu-se até à morte por enforcamento depois de ter sido deixado preso pela coleira a uma vedação com um mosquetão…”

O “crime bárbaro”, como a associação o descreve, foi cometido na Avenida de São Miguel da Guarda, na vedação das antigas instalações do Intermarché, à vista de quem passava no passeio da avenida.

A QOASMI oferecia 300€ a quem identificasse a pessoa que cometeu o crime para levá-lo à justiça.

Numa actualização posterior a associação revelava que foi contactada pelo dono do gato, que estava desaparecido desde sexta feira, e que alegadamente no dia em que desapareceu tinha apenas uma coleira.

A associação que saber quem prendeu o gato com um mosquetão à vedação, e o deixou morrer asfixiado. A recompensa para quem denunciar o autor do crime subiu para 500€.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web