Acidente: Menina de três anos morre atingida por tablet que levava nas mãos

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Um choque em cadeia provocou a morte de uma criança de três anos, em Pontevedra, Espanha. A menor não resistiu aos ferimentos provocados pelo tablet que levava nas mãos e que foi projetado no momento da colisão.

A menor, neta de um conhecido empresário local, seguia com a mãe a caminho da escola. A mulher foi surpreendida pela brusca travagem de um autocarro escolar. Não conseguiu parar a tempo e colidiu de forma violenta contra a viatura que se tinha afastado de dois veículos acidentados.

A menina ainda foi transportada de helicóptero para o Hospital de Santiago de Compostela. Depois de dez horas em coma, os médicos nada conseguiram fazer para a salvar.

O tablet que levava nas mãos não estava preso e no momento da colisão saiu disparado, atingindo de forma violenta a criança.

A mãe, de 26 anos, foi encaminhada para o Hospital O Salnés. Uma das crianças que seguia na viatura escolar também foi hospitalizada.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Recomendações

Recomendações

Comente, dê a sua opinião!