in

Alexander Zverev nas meias finais do Open da Austrália ao vencer Stan Wawrinka

O tenista alemão Alexander Zverev, número sete do mundo, classificou-se hoje para a sua primeira meia final de Grand Slam ao vencer no Open da Austrália o suíço Stan Wawrinka, 15.º do ‘ranking’ ATP.

Zeverev derrotou Wawrinka ao fim de quatro ‘sets’: 1-6, 6-3, 6-4 e 6-2.

“Ninguém pode imaginar o que isto significa para mim. Trabalhei muito para melhorar o meu serviço e o trabalho rendeu hoje, no melhor momento, porque é no Grand Slam que você precisa de jogar o seu melhor ténis”, sublinhou Zverev no final do encontro.

“Eu estava pronto para explicar aos jornalistas por que tinha perdido em três ‘sets'”, disse, numa referência à derrota pesada sofrida no primeiro ‘set’ da partida. “Levei algum tempo a acostumar-me à bola”, explicou.

O alemão, que já conquistou três títulos no ATP Masters 1000 (Roma 2017, Canadá 2017 e Madrid 2018) e venceu no Masters de fim de temporada em Londres em 2018, consegue, aos 22 anos, pela primeira vez, garantir presença numa meia final de um Grand Slam.

Contudo, Zverev disse acreditar que este ainda não é o melhor dia da sua vida. “Lamento muito, mas gosto de títulos!”, explicou o tenista que chegou ao 3.º lugar do ‘ranking’ ATP em 2017, tornando-se o jogador mais jovem a chegar ao ‘pódio’ desde Novak Djokovic em 2007.

O alemão já tinha anunciado que doaria 10 mil dólares (nove mil euros) por vitória e até mesmo a totalidade do prémio final caso conquistasse o Open da Austrália (que pode chegar aos 2,5 milhões de euros) para ajudar as vítimas dos incêndios que devastaram a Austrália.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Muguruza vence Pavlyuchenkova e encontra Halep nas meias finais do Open da Austrália

Gulbenkian dá um milhão de euros para premiar combate a alterações climáticas