Ambiente e promotores de festivais de música assinam contratos do «Sê-Lo Verde»

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, vai presidir à cerimónia em que os promotores de 18 festivais de música vão assinar os contratos do programa «Sê-Lo Verde», com vista à adoção de comportamentos que contribuam para uma maior sustentabilidade ambiental.

O Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, e a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, também vão estar presentes na cerimónia que tem lugar na Gare Marítima de Alcântara, em Lisboa, a 31 de maio.

O Programa «Sê-Lo Verde», com 472 mil euros de apoios provenientes do Fundo Ambiental, pretende que os promotores dos festivais adotem critérios ambientais que permitam uma redução dos impactos e que passem a integrar o uso de novas tecnologias e de energias renováveis.

A unir os promotores dos 18 festivais de música estão «a consciência ambiental e a vontade de adotar medidas que contribuam para uma maior sustentabilidade ambiental», refere a nota do gabinete do Ministro do Ambiente.

A nota acrescenta que «numa altura em que os festivais de música atraem mais de dois milhões de espetadores por ano, estes eventos podem ser um importante veículo de dinamização das políticas ambientais, conduzindo a uma redução da pegada ecológica e alertando para uma maior consciência ambiental».
Este artigo foi publicado originalmente no Portal do Governo de Portugal

Recomendado pelo Informa+

Qual a sua opinião?