Obrigado por visitar o Informa+

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador, fornecer funcionalidades de redes sociais, personalizar conteúdos, anúncios e analisar o tráfego no site. Consente? Pode alterar as suas definições de cookies em qualquer altura.

PUB
Categories: Televisão
| Em
07/02/2020 12:51

‘Amor sem fim’: Ângela tentou engravidar em Espanha mas não conseguiu cumprir sonho

“Amor sem fim” é a nova minissérie documental que promete agarrar os telespetadores ao ecrã.

PUB

Durante os quatro episódios, Alexandra Borges e Emanuel Monteiro contam a história de uma mulher que tenta engravidar do marido já falecido, mas que a lei não permite.

O último episódio, transmitido esta quinta-feira, mostra Ângela numa corrida contra o tempo, depois da morte de Hugo, em março de 2019.

A mulher de 32 anos percebe que não poderia engravidar do marido falecido, uma vez que a lei portuguesa não o permite.

A única possibilidade é de levar a amostra de sémen do marido até Espanha, país que dá permissão para realizar inseminações post mortem, até 12 meses após a morte.

Ângela viajou até ao País Basco, onde em apenas 20 dias pode ficar grávida. A clínica apenas necessita de uma autorização do Hospital de São João, onde está guardado o material genético. Mas o hospital português recusa-se a libertar o sémen, alegando que a única pessoa pessoa que o tem legitimidade para o fazer é Hugo Ferreira, já falecido.

Ângela regressou a Portugal sem um filho nos braços, mas deixou a promessa de continuar a lutar para cumprir a promessa que fez a Hugo, o amor da sua vida.

PUB
Receba notícias de última hora e informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
Mais informação sobre: Amor sem FimÂngelaHugoTVI
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB