PUB
Categories: Portugal
| Em
10/10/2019 15:24

André Ventura lança farpa a Joacine após festejo com bandeira da Guiné: “Da minha parte vou sempre preferir a bandeira de Portugal…”

André Ventura recorreu às redes sociais para reagir ao polémico festejo com a bandeira da Guiné, exibido pelos apoiantes de Joacine Katar Moreira, do partido Livre.

PUB

O líder do Chega! partilhou, em jeito de crítica, uma imagem em que surge com uma bandeira de Portugal, comparando-a com a fotografia de Joacine no momento em que festejava a entrada no parlamento nacional.

“Cada um festeja eleições como entender. Da minha parte vou sempre preferir a bandeira de Portugal”, escreveu no facebook.

Recorde-se que Joacine Katar Moreira foi uma das vencedoras da noite eleitoral do passado domingo.

Durante o discurso de vitória, atrás de si estava a ser exibida uma bandeira da Guiné-Bissau, o suficiente para inflamar as redes sociais. Vários internautas criticaram a atitude, apelidando Joacine de “impatriota”. Foi até criada uma petição online para impedir a sua tomada de posse.

Depois de ser duramente criticada, a guineense que veio para Portugal aos oito anos, abordou a questão no O Programa da Cristina, da SIC.

“Houve pessoas que não compreenderam que no momento da eleição usasse uma bandeira da Guiné e houve vários comentários das pessoas”, começou por dizer Cristina Ferreira.

“Eu não usei a bandeira da Guiné… Não há nenhuma imagem minha a agarrar a bandeira da Guiné. Foram apoiantes meus guineenses que levaram a bandeira do meu pais natal. Eu tenho um enorme orgulho nas minhas origens. Eu não vejo nada de errado em estar lá a bandeira de onde o meu cordão umbilical foi enterrado”.

“Isto é um orgulho enorme. É onde eu nasci… eu não existiria se não existisse aquele pais. É óbvio que em eleições nacional em Portugal para a Assembleia da Republica em Portugal isto nos origina algumas ansiedades… Mas reparar nisso… Nós não somos uma sociedade homogénea. Nós afirmamos que somos um país multicultural, ora o multiculturalismo não é s´ útil para arrecadar uns euros à União Europeia. É útil também para quem tenha origens africanas tenha hipótese de ter a bandeira das origens ali. Havia também a bandeira da União Europeia e ninguém fala nisso”.

PUB
Partilhar
Redação

O Informa+ é uma publicação periódica online portuguesa que se dedica à divulgação e partilha na internet de notícias, informações importantes e ainda ferramentas úteis para o seu dia-a-dia.

PUB
Comente. Dê a sua opinião!
PUB