in

Associação das Ligas Europeias alerta para consequências “muito graves” provadas pela pandemia de Covid-19

Redação, 13 mar 2020 (Lusa) – A Associação das Ligas Europeias alertou hoje para as “consequências desportivas e financeiras muito graves” que a pandemia de Covid-19 trouxe, sublinhando que vai cooperar com a UEFA na busca de soluções, nomeadamente para o Euro2020.

Através de um comunicado, e depois de uma reunião de emergência com o seu Conselho de Administração, o organismo mostrou-se “unânime” em declarar que “a saúde é a prioridade mais importante e vem sempre em primeiro lugar”.

“Esta crise está a causar consequências desportivas e financeiras muito graves para todas as partes envolvidas no jogo. Estamos prontos para cooperar com a UEFA e outras partes interessadas para encontrar soluções comuns para todos esses problemas de maneira construtiva, incluindo as competições internacionais de clubes e o Euro2020”, pode ler-se na nota divulgada.

A direção da Associação das Ligas Europeias enaltece ainda a reunião organizada pela UEFA, agendada para 17 de março de 2020, na qual várias entidades do futebol vão abordar e debater o atual momento complicado que se vive, deixando claro ser “essencial que as competições domésticas possam ser concluídas nesta temporada, para limitar o impacto negativo em todo o ecossistema do futebol”.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.100 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 131 mil pessoas, com casos registados em mais de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 112 casos confirmados.

Sugestões para ti