Barco de pesca naufragou ao largo do porto de Leixões

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

O “Senhor do Desterro” naufragou, esta segunda-feira, a cerca de duas milhas do porto de Leixões, em Matosinhos.

O barco andava à pesca da amêijoa e levava quatro tripulantes a bordo. Foram salvos pelo “Manto Sagrado”, uma outra embarcação de pesca que estava de passagem no local.

“A ganchorra [rede destinada à pesca de amêijoa] ficou presa e acabou por virar o barco”, contou, ao JN, o presidente da Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar.

José Festas diz que valeu aos tripulantes do “Senhor do Desterro” a ajuda do “Manto Sagrado”, que ouviu o alerta e, a pescar próximo do local, avistou os quatro tripulantes e acabou por resgatá-los quando estavam já na balsa salva-vidas à espera do socorro.

“Eram 17.30 horas quando recebemos um alerta de naufrágio”, indicou o comandante da Capitania de Leixões, Osvaldo Campos.

Apesar do susto, nenhum dos tripulantes ficou ferido. O INEM esteve no local a fazer avaliação aos tripulantes.

O “Senhor do Desterro” tinha ido para o mar ao início da tarde para mais um dia de faina na pesca da amêijoa. A embarcação, registada na Póvoa de Varzim, pesca habitualmente ao largo de Matosinhos.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Qual a sua opinião?

Recomendado pelo Informa+