A bateria do seu telemóvel dura cada vez menos? Siga estes 5 passos

Detectamos que usa um AdBlock

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o AdBlock (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

As baterias de iões de lítio, que alimentam a maioria dos telemóveis, não ‘gostam’ de ser carregadas até ao fim, por exemplo. É preferível realizar pequenos carregamentos ao longo do dia.

Os erros mais comuns que danificam as baterias e as soluções para melhor as preservar.

Deixar o telemóvel a carregar durante a noite, permitir que se desligue por falta de bateria ou, pelo contrário, nunca o desligar são algumas das práticas que prejudicam a “saúde” das baterias.

Não admira que comecem a durar cada vez menos tempo ou que fiquem viciadas mais depressa do que seria suposto. Prolongar o ciclo de vida de uma bateria de iões de lítio, como as que incorporam a maioria dos telemóveis, está nas mãos dos utilizadores.

Estes são alguns cuidados a ter em atenção, segundo as recomendações da indústria:

1 – Não carregar de uma só vez

Pode ser mais prático ligar o telemóvel à corrente durante algumas horas, ao chegar a casa, depois de um dia de trabalho. Mas não é o mais indicado para preservar a eficiência da bateria. É preferível optar por vários carregamentos, mais curtos, ao longo do dia.

2 – Toda a noite ligado à tomada? Nem pensar

Pior do que fazer um único carregamento até a bateria ficar a 100% é deixá-la a carregar durante toda a noite. A partir do momento em que atinge o valor máximo – o ideal é não chegar sequer a esse ponto -, toda a carga elétrica que continua a receber é prejudicial. Se dormir oito horas, por exemplo, e a bateria ficar completa ao fim de duas, as restantes seis estão apenas a danificá-la.

3 – Nunca deixar acabar a bateria

Sempre que o telemóvel se desliga por falta de bateria é mais um golpe no seu ciclo de vida. É aconselhável desligá-lo antes que isso aconteça.

4 – Desligar uma vez por dia

Não se deve manter o telemóvel ligado 24 sobre 24 horas. As recomendações indicam que se deve desligar o aparelho uma vez por dia. Nem que seja por uns minutos.

5 – Gerir funções

Se a sua bateria não tem sequer um dia de autonomia, experimente desativar algumas funções que consomem bastante energia, como os serviços de localização, as animações, a vibração do teclado ou a atualização automática de aplicações. Pode também ativar o modo poupança de energia, que no fundo bloqueia algumas destas funções.

Este artigo foi publicado originalmente na Visão

Recomendado pelo Informa+

Qual a sua opinião?