Categories: Mundo
| Em
01/10/2019 09:40

Bebé português foi asfixiado pelo pai e atirado ao rio na Suíça

O corpo do português que matou o filho de quatro anos na Suíça, foi encontrado este domingo no rio Ródano.

As autoridades já confirmaram a identidade e trata-se mesmo do homem de 40 anos.

António Amadeu matou o pequeno Tomás com as próprias mãos. No corpo do menino havia sinais de ter sido asfixiado e depois largado às águas.

António suicidou-se de seguida. O corpo demorou sete dias a aparecer.

Foi a mãe do menino que alertou as autoridades. Eloine Duarte e o pai de Tomás estavam separados, alegadamente devido à violência que era aquele casamento. A mulher tinha inclusive apresentado nos últimos meses quatro queixas contra o ex-companheiro.

No dia em que deu o alerta, deveria ter-lhe sido entregue a criança, que tinha ficado ao cuidado do pai.

Eloine tinha medo que o ex-marido se vingasse na criança, o que veio mesmo a acontecer. A mulher não se conforma com o que aconteceu: “Nós demos o alerta. O assassino nunca escondeu as suas intenções”.

Partilhar
Redação

O Informa+ é uma publicação periódica online portuguesa que se dedica à divulgação e partilha na internet de notícias, informações importantes e ainda ferramentas úteis para o seu dia-a-dia.

Mais informação sobre: PortuguêsSuíça
Comente. Dê a sua opinião!