Bombeiro que morreu no 11 de setembro identificado 18 anos depois

Um bombeiro que morreu a 11 de setembro de 2001, nos ataques às Torres Gémeas em Nova Iorque, foi enterrado na terça-feira depois de os seus restos mortais terem sido identificados, quase 18 anos depois.

Como conta a CNN, bombeiros e familiares reuniram-se para fazer a derradeira homenagem a Michael Haub, depois de os seus restos mortais terem sido identificados de maneira conclusiva, revelou a Associação Uniformizada de Bombeiros em comunicado.

A associação revelou ainda que a homenagem finalmente deu paz à família, depois de o médico legista na semana passada ter identificado os restos mortais que foram recuperados no Ground Zero.

Em julho deste ano, os restos mortais de apenas cerca de 60% das 2.753 pessoas mortas no World Trade Center naquele dia, foram identificadas positivamente.

Michael Haub era um bombeiro veterano da Ladder Company 4, de acordo com a associação.

“Lembramos dele e dos 342 bombeiros que morreram naquele dia fatídico, e sempre seremos gratos pela coragem que demonstraram”, afirmou a associação em comunicado nesta terça-feira.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web