Obrigado por visitar o Informa+

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador, fornecer funcionalidades de redes sociais, personalizar conteúdos, anúncios e analisar o tráfego no site. Consente? Pode alterar as suas definições de cookies em qualquer altura.

PUB
Categories: Mundo
| Em
14/02/2020 11:17

Britânico infetado com coronavírus esteve em conferência com ministra e deputados

Uma das nove pessoas diagnosticada com o novo coronavírus no Reino Unido participou na conferência em Westminster, onde estiveram presentes 250 pessoas, incluindo a ministra dos Transportes britânica e vários diretores de empresas.

PUB

Segundo o jornal Daily Mail, a conferência realizou-se no passado dia 6, junto ao Parlamento, o que aumentou os receios de uma possível infeção entre os participantes da conferência.

A ministra dos Transportes, Baroness Vere of Norbiton, foi uma das oradoras da conferência. Também David Brown, diretor da empresa de autocarros Go-Ahead; Lilian Greenwood, deputada por Nottingham South e Gareth Powell, diretor da rede de autocarros de Londres, estiveram presentes.

A comunidade médica já alertou sobre o perigo de propagação desta doença altamente contagiosa que pode sobreviver durante nove dias em maçanetas e corrimãos, de acordo com o estudo realizado pela universidade alemã Greifswald.

O estudo foi divulgado pelo Journal of Hospital Infection e revela que caso as superfícies não sejam desinfetadas, com produtos à base de álcool ou lixívia, o novo coronavírus pode permanecer em maçanetas e nas portas, ou ainda em outras superfícies de plástico, vidro, metal e madeira, entre duas horas e nove dias.

A investigação conclui ainda que o vírus sobrevive mais facilmente em superfícies frias.

PUB
Receba notícias de última hora e informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar gosto ➜  
Partilhar
Mais informação sobre: ChinaCoronavírusReino Unido
PUB
Comente. Dê a sua opinião
PUB