Bruno de Carvalho suspende jogadores que o criticaram nas redes sociais

Detectámos que tem um Ad Block ativo

Utilizamos anúncios para ajudar a manter o nosso site, considere desativar o Ad Block (bloqueador de anúncios) no nosso site para poder ver os conteúdos.

Os nossos anúncios não são intrusivos!

Bruno de Carvalho anunciou no Facebook que vai suspender os jogadores que subscreveram o texto a criticar o presidente. Os futebolistas estão “imediatamente suspensos”.

“Todos os atletas que subscreveram o que em baixo descrevo estão imediatamente suspensos, tendo de enfrentar a disciplina do clube. Já estou farto de atitudes de miúdos mimados que não respeitam nada nem ninguém, como por exemplo os adeptos relativos aos quais já ouvi comentários do mais baixo possível”, escreveu Bruno de Carvalho no ‘facebook’, em reação ao comunicado conjunto que vários jogadores publicaram nas redes sociais.

Numa mensagem apenas visível para amigos do presidente do Sporting, Bruno de Carvalho acrescenta que o clube “não vive na República das bananas” e que esgotou a paciência para quem acha que está acima do clube e de qualquer crítica, numa alusão aos jogadores que tornaram público o comunicado a quem apelida de “crianças mimadas”.

“Começam com ‘Somos Sporting’ e que “não existe um Eu mas um Nós”, sendo que isso não passa de mera fantasia, pois na realidade não o são. São profissionais rotativos e que os que lhes interessa não é o Eu ou o Nós. Só lhe interessa o Eles”, escreveu, ainda, Bruno de Carvalho na sua conta naquela rede social.

Rui Patrício, William Carvalho, Bruno Fernandes, Battaglia, Piccini, Palhinha, Coates, Acuña, Gelson, Podence, Bruno César, Montero, Bryan Ruiz, Rúben Ribeiro, Rafael Leão, Doumbia, Wendel e Coentrão estão entre os atletas que se insurgiram contra o presidente do Sporting e que, tendo em conta as palavras de Bruno de Carvalho, estarão suspensos.

Recomendações

Recomendações

Comente e partilhe a sua opinião!