PUB

Calor intenso nos próximos 20 dias deixam Portugal em alerta

4.311

Portugal será atingido nas próximas três semanas por calor intenso, que terá um agravamento com a chegada do verão. A explicação reside na “mudança climática”.

PUB

“Os verões serão cada vez mais quentes, o que nos vai afetar a todos muito gravemente”, disse ao CM o presidente do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Jorge Miguel Miranda.

A partir de segunda-feira são esperadas temperaturas superiores a 30 graus nas regiões do Alentejo, Ribatejo e Beira Baixa.

Temperaturas mais altas serão sentidas nos últimos dias deste mês e nos primeiros de junho. A vaga de calor pode, então, atingir mais seis graus de que o valor normal, podendo chegar aos 40 graus.

Associado ao calor está o risco de incêndio. A partir de domingo o risco é elevado ou muito elevado na maior parte do continente, com exceção do Litoral a norte de Setúbal, revela o IPMA.

Entretanto, o site norte-americano de meteorologia AccuWeather prevê um verão escaldante para Portugal, com temperaturas máximas de 43 graus em vários dias consecutivos.

O presidente do IPMA salienta “que não é invulgar temperaturas de 43 graus” e que “provavelmente vamos bater recordes com temperaturas mais altas.”

Autoria: Correio da Manhã

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Artigos recomendados

Artigos recomendados