in

Câmara vai propor modelo de concessão para permitir reabilitação do Coliseu do Porto

Porto, 29 jan 2020 (Lusa) – O presidente da Câmara do Porto anunciou hoje que vai propor que o Coliseu da cidade seja concessionado a privados por forma a avançar com as obras de requalificação que têm um custo estimado 8,5 milhões de euros.

“Passa por avançar para um modelo semelhante ao que se viu em Lisboa com um equipamento também semelhante do Capitólio, portanto lançar um modelo de concessão. Concessionar o Coliseu é aquilo que permitirá que no futuro um eventual interessado possa fazer as obras pertinentes que naturalmente a Associação não pode fazer”, explicou o autarca Rui Moreira, sublinhando que esta concessão não permitirá, entre outras coisas, alterar a atividade da sala de espetáculos.

Em declarações aos jornalistas à saída de uma reunião com os Conselhos Municipais de Cultura e Economia, Rui Moreira explicou que na impossibilidade de recorrer a fundos comunitários, esta foi a solução encontrada para garantir o restauro daquela sala de espetáculos, uma vez que a Associação Amigos do Coliseu, proprietária do espaço, não tem condições para o fazer.

Sugestões para ti