PUB
Categories: Portugal
| Em
04/12/2019 10:15

Carlos Amaral Dias morre dentro de ambulância duas horas depois de ter ligado para linha de emergência

O psicanalista e professor universitário Carlos Amaral Dias morreu na ambulância a caminho do hospital, duas horas depois de ter ligado para a linha de emergência médica.

PUB

Segundo fonte familiar ao Correio da Manhã, o serviço do INEM “recebeu a primeira chamada. E depois, todo o processo de socorro, que implicou outras chamadas estendeu-se por quase duas horas”.

O psicanalista de 73 anos “acabou por falecer na ambulância”.

Carlos Amaral Dias, que há uns anos tinha sofrido um acidente vascular cerebral, tinha deixado de dirigir, recentemente, o Instituto Superior de Miguel Torga, em Coimbra.

Especializado em psiquiatria e em psicanálise, era doutorado pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.

Carlos Amaral Dias deixa quatro filhos, entre eles a psicóloga e ex-deputada Joana Amaral Dias e o gestor Henrique Amaral Dias.

PUB
Partilhar
Redação

O Informa+ é uma publicação periódica online portuguesa que se dedica à divulgação e partilha na internet de notícias, informações importantes e ainda ferramentas úteis para o seu dia-a-dia.

PUB
Comente. Dê a sua opinião!
PUB