in

Chefe de equipa dos bombeiros de Miranda do Corvo morre em incêndio na Serra da Lousã

Direitos Reservados / Facebook

Um bombeiro morreu e outro ficou gravemente ferido este sábado num incêndio que deflagra na Serra da Lousã, junto ao lugar conhecido por Baloiço, Trevim.

Fonte oficial da Autoridade Nacional de Proteção Civil confirmou ao CM que a vítima mortal é o chefe de uma equipa de cinco elementos dos bombeiros de Miranda do Corvo.

A equipa viu-se cercada pelo fogo e dois elementos separaram-se. O chefe da equipa foi encontrado morto e um outro bombeiro sofreu queimaduras graves nas pernas e está a ser acompanhado pelo INEM. Encontra-se em situação estável e a ser encaminhado para um hospital em Coimbra.

Três meios aéreos tentavam circunscrever as chamas antes do anoitecer. Pelas 20h30 estavam em campo cerca de 250 operacionais e 64 viaturas de várias corporações de bombeiros dos distritos de Coimbra e Leiria.

O alerta foi dado pelas 18h24.

O fogo terá tido origem na trovoada seca que durante a tarde provocou dezenas de focos de incêndio no norte e centro do País.

As chamas já se encontram dominadas e os trabalhos de rescaldo já tiveram início.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Deixe uma resposta

Loading…

0

Sismo com magnitude de 3,0 sentido na ilha Terceira, nos Açores

Covid-19: Dezenas de fuzileiros navais norte-americanos infetados no Japão