in

Chefes de diplomacia da UE voltam a reunir-se em Bruxelas cinco meses depois

Bruxelas, 13 jul 2020 (Lusa) — Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia voltam a reunir-se hoje em Bruxelas, quase cinco meses depois do último Conselho presencial, celebrado em fevereiro, antes de a pandemia da covid-19 atingir a Europa e forçar a celebração de reuniões por videoconferência.

Neste seu regresso físico a Bruxelas, os chefes de diplomacia da UE têm uma agenda preenchida, que contempla temas tão diversos como o impacto da pandemia na América Latina, a situação na Líbia, em Hong Kong e na Venezuela, e ainda as relações UE-Índia, as relações UE-África, o Processo de Paz do Médio Oriente e as negociações para o acordo pós-Cotonou, além de um debate sobre a Turquia.

Aproveitando este regresso a Bruxelas, o ministro Augusto Santos Silva tem ainda previsto um encontro com o comissário europeu do Comércio, Phil Hogan.

A ‘rentrée’ de Conselhos da UE presenciais na capital belga ocorre na semana em que também os chefes de Estado e de Governo dos 27 voltam finalmente a reunir-se fisicamente, num Conselho Europeu agendado para sexta-feira e sábado, no qual vão tentar chegar a um compromisso sobre o Fundo de Recuperação e o próximo orçamento plurianual da União para ultrapassar a profunda crise provocada pela pandemia de covid-19.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Covid-19: Madeira com mais um caso confirmado eleva para 98 notificados

Quinze concelhos de seis distritos em risco máximo de incêndio