Começa a primeira grande romaria do Minho

0 54

Começa esta quarta-feira a primeira grande romaria do Minho. A Festa das Cruzes, em Barcelos, arranca com as comemorações do 25 de Abril e prolonga-se até 6 de maio, com um programa que conta com perto de uma centena de atividades.

Nas comemorações da Revolução dos Cravos, a Câmara Municipal faz homenagem a dois barcelenses. A barrista Júlia Ramalho e o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Viatodos, Amadeu Ferreira Lemos, recebem a Medalha de Honra da Cidade de Barcelos.

Júlia Ramalho foi artesã do ano em 1983, recebeu o Prémio Carreira do Município de Barcelos, em 2012, e, recentemente, foi distinguida com o “Grande Prémio Carreira”, no âmbito do concurso Prémio Nacional de Artesanato, do IEFP. Já Amadeu Ferreira Lemos foi um dos fundadores da corporação mais jovem do país, há 34 anos, e é o único presidente que a associação conheceu até aos dias de hoje.

Festa das Cruzes que se preze tem arcos de romaria, momentos religiosos, batalhas de alegria, muito folclore à mistura, atividades desportivas quanto baste e concertos para todos os gostos.

Esta quinta-feira, o destaque vai para a inauguração dos Arcos de Romaria, às 18 horas. Serão perto de 40 os arcos que espelham uma tradição popular que remonta ao século XVI, tal como a aparição da cruz no Campo da República, e que deu origem à romaria que hoje se vive.

Já esta sexta-feira, à mesma hora, o Templo do Senhor da Cruz, epicentro de toda a romaria, abre as portas para os tão esperados tapetes de pétalas naturais. São trabalhos que expressam a absoluta dedicação de homens e mulheres que, durante dias, desfloraram centenas de flores, que irão dar rosto a dois tapetes cujas representações são guardadas até à hora de inauguração. A tradição dos tapetes é da responsabilidade da Real Irmandade do Senhor da Cruz e remonta ao segundo quartel do século XX.

No dia do Trabalhador, a 1 de maio, dia do Espanhol em Barcelos, em homenagem às centenas de visitantes oriundos do país vizinho que a cidade recebe nesse dia, todos os caminhos vão dar à Avenida da Liberdade e à mais florida das batalhas. A partir das 15 horas, começa o cortejo e a batalha das flores. Este ano, serão 29 carros alegóricos a participar nesta que é uma tradição recente em Barcelos.

Se dia 1 de maio é de folia, dia 3, feriado municipal, a solenidade exige-se. A Procissão da Invenção da Santa Cruz sai à rua às 17.30 horas e conta com a presença das cruzes das 89 paróquias do concelho.

Entre as grandes novidades, o destaque vai para a criação de um terceiro palco. A Frente Ribeirinha irá receber a atuação de Herman José, sábado, e da fadista Mariza, segunda-feira. Ambos têm início às 22 horas.

Entre a animação musical, há a referir também o “Bamos às Cruzes”, o arraial noturno que contará com vozes como a de Ana Malhoa, dia 2 de maio, a partir das 00.30 horas.

Este artigo foi publicado originalmente no Jornal de Notícias

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados