Conhecidos novos dados sobre caso Steve Maia Caniço, o lusodescendente que morreu afogado após carga policial

O lusodescendente Steve Maia Caniço morreu afogado depois de cair ao rio Loire, depois de uma intervenção policial.

Novos dados apontam que o telemóvel do jovem terá continuado a funcionar depois da hora divulgada pela polícia, aponta a imprensa francesa.

Segundo o jornal francês Canard Enchaîné, o telemóvel estava ainda ativo às 4:33, uma hora depois de as autoridades terem dito, que encontraram atividade no telefone.

Esta nova informação mostra que o telemóvel se encontrava ligado quando a polícia fez a intervenção no cais onde decorria a festa e onde possivelmente Steve Maia Caniço caiu ao rio.

Segundo relatos, a intervenção da polícia gerou pânico e houve mesmo utilização de gás lacrimogéneo.

Aguarda-se agora um novo relatório da Inspeção Geral da Administração, que controla o Ministério do Interior, para saber se a intervenção da polícia naquela noite, no cais de Nantes, foi ou não justificada.

Recorde-se que o corpo do lusodescendente apareceu cinco semanas depois, no rio Loire.

Recomendados

Recomendados

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Outros conteúdos na web