in

Costa diz ter indicações de Espanha de que central nuclear de Almaraz encerra em 2028

Lisboa, 20 mai 2020 (Lusa) – O primeiro-ministro afirmou hoje ter indicações do Governo de Espanha de que a central nuclear de Almaraz vai encerrar em 2028, após o PEV o confrontar com um parecer favorável para o prolongamento do funcionamento desta central.

PUBLICIDADE

Este assunto foi levantado pelo deputado José Luís Ferreira no debate quinzenal, na Assembleia da República, numa breve intervenção em que advertiu António Costa de que o Conselho de Segurança Nuclear de Espanha emitiu um parecer favorável ao pedido de renovação para a exploração da central nuclear de Almaraz.

“O Governo português tenciona desenvolver alguma diligência junto do Governo espanhol para contrariar essa pretensão, impedindo que se perpetue junto à nossa fronteira uma central nuclear completamente obsoleta? Sabemos que ainda não há decisão, mas é urgente agir já, antes que seja tarde”, avisou.

Na resposta a José Luís Ferreira, António Costa referiu que o Plano Nacional de Energia e Clima de Espanha definiu que a central nuclear de Almaraz será uma das primeiras a encerrar “entre 2025 e 2035”.

“Aquilo que o Conselho de Segurança Nuclear de Espanha emitiu parecer é para que a central possa funcionar até 2028. A indicação que temos é que as duas unidades de Almaraz serão encerradas, uma em 2027 e outra 2028”, especificou.

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro disse depois que este era o calendário que estava previsto para o encerramento da Central Nuclear de Almaraz.

“Será das primeiras centrais nucleares a ser encerrada”, acrescentou.

PMF // SF

PUBLICIDADE

Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar no gosto ➜  

Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar no gosto ➜  

Deixe uma resposta

Loading…

0

ARTIGOS RECOMENDADOS

Não haverá mudanças de manuais do 9.º e 10.º ano no próximo ano letivo

Covid-19: BE critica falta de apoios na cultura, Costa diz que Governo não está distraído