Costa quer debate sobre regionalização na próxima legislatura e afastado de eleições

0 44

Lisboa, 12 fev (Lusa) – O primeiro-ministro defendeu hoje eleições diretas para as áreas metropolitanas já em 2021 e que o debate sobre a regionalização do país deve ser relançado na próxima legislatura, antecedendo o referendo e afastado de atos eleitorais.

António Costa avançou com este calendário sobre a continuação do processo de descentralização em Portugal no encerramento do Fórum de Políticas Públicas – uma iniciativa do ISCTE que se realizou na Assembleia da República, em Lisboa.

Discursando na sala do Senado do parlamento, o primeiro-ministro advertiu que o futuro debate sobre a regionalização do país deve ser feito “no seu devido tempo”, ou seja, no começo da próxima legislatura e não agora antes de eleições europeias e legislativas.

“O debate fora de tempo conduzirá inevitavelmente ao insucesso do seu resultado. Fazê-lo no seu devido tempo significa fazê-lo num momento de serenidade e não de diferenciação política. Este debate deve ser feito com base em informação clara, fidedigna e segura”, disse, já depois de ter lamentado que a discussão travada em 1997 não tenha reunido essas condições de objetividade.

PMF // VAM

Outros conteúdos na web

Comente, dê a sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Recomendados