in

Covid-19: Chegada de mais equipamento de proteção permite stock estável

O secretário de Estado da Saúde disse hoje que esta semana deverão chegar dois milhões de máscaras cirúrgicas e 1,7 milhões de respiradores FFP2 e FFP3, garantindo a “estabilidade de renovação do ‘stock’ de equipamentos de proteção contra a covid-19.

“Esta semana deverão chegar dois milhões de máscaras cirúrgicas e 1,7 de respiradores FFP2 e FFP3 entre outros materiais importantes o que garante que uma certa estabilidade de renovação de ‘stock’ que continua a ser cruciais”, disse António Lacerda Sales na conferência de imprensa diária de atualização de informação sobre a covid-19, no Ministério da Saúde.

Portugal tem previsto, avançou o governante, que continuem a chegar com regularidade equipamentos de proteção individuais do mercado externo e interno.

Quanto aos testes de diagnóstico, Lacerda Sales anunciou que desde 01 de março foram realizados cerca 547 mil testes à covid-19 e que “de 01 a 10 de maio já foram efetuados mais testes do que todo o mês de março, numa média total de 13.100 testes por dia”.

“Estes indicadores são importantes, porque quanto mais testamos mais sabemos sobre a realidade epidemiológica do país e temos feito o esforço, que vamos prosseguir”, sustentou.

Para Lacerda Sales, uma semana após ter começado o desconfinamento parcial das pessoas “não é tempo ainda de fazer balanços”.

“O pais está há uma semana em processo de desconfinamento, mas este não é ainda o tempo para balanço, mas para continuar este caminho. Esta não é uma corrida curta e rápida, é uma maratona longa, por vezes com obstáculos, que procuramos vencer sempre com decisões sustentadas na melhor evidência científica em cada momento, equilibrando decisões entre as melhores práticas sanitárias e a viabilidade da sua aplicação”, acrescentou.

Portugal regista hoje 1.144 mortes relacionadas com a covid-19, mais nove do que no domingo, e 27.679 infetados, mais 98, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção Geral da Saúde.

Em comparação com os dados de domingo, em que se registavam 1.135 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 0,8%.

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus (27.679), os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS) revelam que há mais 98 casos do que no domingo (27.581), representando uma subida de 0,4%.

Sugestões para ti