in

Covid-19: Coates garante plantel do Sporting focado na adaptação às ideias do treinador

A adaptação às ideias do novo treinador, Ruben Amorim, é o principal foco do plantel do Sporting nos primeiros treinos coletivos na Academia, em Alcochete, após a interrupção dos trabalhos devido à covid-19, referiu hoje Sebastián Coates.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O defesa central dos ‘leões’ vincou essa preocupação em quase todas as ideias transmitidas numa entrevista à Sporting TV e revelou que os primeiros dias após o regresso ao trabalho “têm sido bons” e que o grupo de encontra em fase de readaptação, também, a “estar todos juntos e a tocar a bola”.

“Têm sido muito importantes estes primeiros dias. Ele [Ruben Amorim] tenta demonstrar as suas ideias e nós tentamos percebê-las o mais rápido possível. Os primeiros treinos foram mais físicos e aos poucos vamos tentando adaptar-nos às ideias do ‘mister’ e esperamos consegui-lo o mais rápido possível”, reforçou o internacional do Uruguai.

A adaptação “às ideias ‘mister'” será também, segundo o elemento da estrutura de capitães, uma das chaves do sucesso para os jovens jogadores que foram integrados no plantel principal do Sporting após o regresso à competição: Nuno Mendes, Gonçalo Inácio, Eduardo Quaresma, Matheus Nunes, Tiago Tomás e Joelson.

Sem referir os nomes, Coates garantiu que os jovens “adaptaram-se muito bem ao grupo” e assegurou que “é importante para todos ter jovens com essa fome e ambição de jogar no Sporting”.

“Por isso estão no Sporting e foram escolhidos pelo ‘mister’ para integrar o grupo. Têm muita qualidade e têm de ir queimando etapas. Agora que estão a treinar connosco, têm de ganhar o seu lugar, o seu espaço, aproveitar o momento que vivem e se, amanhã, o mister escolher um para jogar, tem de fazer o seu melhor”, aconselhou o experiente central, de 29 anos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Além disso, a interrupção forçada serviu, também, para os jogadores do Sporting perceberem a vontade que têm de “voltar a jogar”, e Coates garantiu que o grupo está atento ao desafio frente ao Vitória de Guimarães, da 25.ª jornada da I Liga, que marcará o regresso dos ‘leões’ à competição, mas reforçou que essa não é, ainda, a principal preocupação.

“Sem dúvida que estamos a olhar para quando volta o campeonato, mas por agora temos de voltar a treinar, ao que o ‘mister’ quer e apanhar as suas ideias”, relembrou o defesa.

O plantel do Sporting cumpre hoje um dia de folga e volta aos treinos na sexta-feira, às 10:00, na Academia em Alcochete.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, Países Baixos, Bélgica e Escócia foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 04 de junho, depois de a Liga alemã ter sido retomada no sábado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Faltam disputar 90 jogos do principal escalão do futebol nacional, o único que não foi cancelado devido ao novo coronavírus, assim como a final da Taça de Portugal, que vai opor Benfica e FC Porto.

Após 24 jornadas, os ‘leões’ seguem em quarto lugar com 42 pontos, menos quatro que o Sporting de Braga (3.º) e menos 18 que o líder FC Porto.

PUBLICIDADE  

Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar no gosto da nossa página de facebook ➜  

Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar no gosto ➜  

Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar no gosto ➜  

Deixe uma resposta

Loading…

0

ARTIGOS RECOMENDADOS

Governo publica guia com incentivos fiscais para atrair famílias e empresas para o Interior

Sindicato acusa Ryanair de ameaçar cortes salariais e despedimentos