in

Covid-19: Comboio parado no Entroncamento devido a passageira com queixas

Redação, 02 mar 2020 (Lusa) – Um comboio internacional Sud Express está parado desde cerca das 23:30 de domingo na estação do Entroncamento, distrito de Santarém, após uma passageira ter alegado estar com sintomas de infeção pelo novo coronavírus, disse hoje fonte da PSP.

“Trata-se de uma passageira proveniente da China que se dirigiu ao revisor com suspeita de estar infetada”, disse à Lusa fonte da PSP de Santarém, adiantando que recebeu o alerta cerca das 23:35.

De acordo com a mesma fonte, é aguardada no local uma equipa especializada do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

A agência Lusa tentou contactar, sem sucesso, a assessoria de imprensa do INEM.

Questionado pela Lusa, o Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém confirmou apenas que recebeu o alerta para a paragem de um comboio internacional naquela estação cerca das 23:30.

O gabinete de comunicação da CP confirmou que o comboio se encontra parado naquela estação devido a “uma passageira que se sentiu mal”, adiantando que a interrupção da circulação nestas circunstâncias é “habitual”, sem, no entanto, relacionar a situação com uma possível infeção.

A Lusa tentou contactar, sem sucesso, a Direção-Geral da Saúde.

Segundo o Expresso, que cita a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, a passageira em questão foi retirada do comboio para ser transferida para o hospital e fazer testes de despiste, e todos os passageiros vão ser sinalizados.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro na China e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou pelo menos 2.980 mortos e infetou mais de 87 mil pessoas, de acordo com dados reportados por 60 países.

Das pessoas infetadas, mais de 41 mil recuperaram.

Além de 2.873 mortos na China, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América e Filipinas.

Um português tripulante de um navio de cruzeiros encontra-se hospitalizado no Japão com confirmação de infeção.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.

Em Portugal, e até às 19:00 de domingo, a Direção-Geral da Saúde (DGS) registou 85 casos suspeitos de infeção, 12 dos quais ainda estavam em estudo.

Os restantes 73 casos suspeitos não se confirmaram, após testes negativos.

A DGS manteve no sábado o risco da epidemia para a saúde pública em “moderado a elevado”.

Sugestões para ti