in

Covid-19: Condeixa-a-Nova distingue instituições locais envolvidas no combate à pandemia

Condeixa-a-Nova, Coimbra, 22 jul 2020 (Lusa) — Vinte instituições que se destacaram no combate à pandemia da covid-19 em Condeixa-a-Nova vão ser distinguidas na sexta-feira, feriado municipal neste concelho do distrito de Coimbra.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a autarquia presidida por Nuno Moita da Costa informa que essas entidades serão galardoadas com a Medalha Municipal de Bons Serviços (ouro) durante as cerimónias do Dia do Município.

“Ultrapassado o período mais grave da crise e [quando] ensaiamos agora um progressivo regresso à normalidade possível, é chegada a hora de prestar homenagem coletiva a estes heróis que se revelaram decisivos para debelar um dos momentos mais difíceis da nossa geração, na certeza de que com a sua força, a sua competência e tenacidade poderemos encarar com alguma tranquilidade a ameaça de uma segunda vaga da pandemia”, afirma Nuno Moita da Costa.

Citado na nota, o autarca do PS salienta que “a crise pandémica acabou por revelar a coragem, a generosidade e a entrega de um conjunto de profissionais e voluntários que empregaram o seu conhecimento, a sua experiência e o seu tempo na busca e execução de estratégias e soluções que permitiram atenuar os impactos sentidos em todo o processo, em especial no período de confinamento”.

A lista de instituições locais homenageadas inclui a Delegação de Saúde, os Bombeiros Voluntários, o Posto Territorial da GNR, o Serviço Municipal de Proteção Civil, os Serviços de Gestão de Resíduos de Águas e Saneamento da Câmara Municipal, a Equipa de Intervenção Direta, a Unidade de Cuidados para a Comunidade (UCC), as unidades de Saúde Familiar de Condeixa e Fernando Namora, o Centro Social Polivalente de Ega, a Santa Casa da Misericórdia, as Irmãs Hospitaleiras – Casa de Saúde Rainha Santa Isabel e as juntas e uniões de freguesias de Anobra, Furadouro, Ega, Condeixa-a-Velha e Condeixa-a-Nova, Sebal e Belide, Vila Seca e Bendafé e Zambujal.

Serão ainda agraciados os funcionários mais antigos da autarquia, “pela dedicação, empenho e lealdade à causa pública demonstrados ao longo das suas carreiras”, segundo Nuno Moita da Costa.

Como em anos anteriores, a sessão do Dia do Município decorrerá na sexta-feira, com início às 10:00, no átrio do edifício dos Paços do Concelho, “mas este ano em formato mais restrito devido às contingências” da pandemia, de acordo com a nota.

“Apenas estará presente um representante de cada instituição a agraciar”, com as celebrações a serem transmitidas em direto nas plataformas de comunicação do município.

O programa inclui a apresentação do livro “Conímbriga — Valorizar Patrimónios e o Eixo da Romanização no Centro de Portugal” pelos investigadores Miguel Pessoa, Rodrigo Lino e José Ruivo, seguida de uma visita às obras da Casa dos Arcos.

Com comparticipação financeira da União Europeia, a Câmara está a investir cerca de 430 mil euros na reabilitação deste imóvel com quatro séculos, que acolherá um centro de promoção e divulgação de ideias e produtos.

A empreitada, adjudicada em finais de 2018, com um prazo de execução de um ano, é abrangida pelo Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU) do município.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Covid-19: Nações Unidas criam ferramenta que agrupa legislação de 190 países

Comboio histórico do Douro vai circular aos sábados de agosto e setembro