in

Covid-19: Costa afirma que resultados permitem dar novo passo para reabertura de atividades

Lisboa, 15 mai 2020 (Lusa) – O primeiro-ministro afirmou hoje que os resultados das primeiras medidas de desconfinamento tomadas há 15 dias foram positivos no combate à propagação da covid-19, não havendo razão para adiar um novo passo na reabertura de atividades.

PUBLICIDADE

Esta posição foi assumida por António Costa no final do Conselho de Ministros, durante o qual foram aprovadas medidas de reabertura de atividades económicas a partir de segunda-feira.

Segundo o primeiro-ministro, perante os dados conhecidos sobre a evolução da pandemia da covid-19 em Portugal, o Governo concluiu que “as primeiras medidas de confinamento tomadas há 15 dias e que entraram em vigor no início deste mês não alteraram a tendência de controlo” da propagação do novo coronavírus.

“Assim sendo, e tal como tínhamos dito há 15 dias, perante esta evolução, não há razão que nos leve a adiar ou retroceder ou a adiar qualquer das medidas que tínhamos previstas para entrar em vigor na próxima segunda-feira. Pelo contrário, tal como há 15 dias, nós continuamos a ter um sistema robusto de capacidade de testagem. Somos neste momento na Europa o quarto país com o maior número de testes realizados por um milhão de habitantes”, após a Lituânia, o Chipre e a Dinamarca, declarou António Costa.

PUBLICIDADE

Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar no gosto ➜  

Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar no gosto ➜  

Deixe uma resposta

Loading…

0

ARTIGOS RECOMENDADOS

Covid-19: Carris reforça oferta a partir de segunda-feira com horários de verão

Covid-19: Utentes das praias devem assegurar distanciamento físico de 1,5 metros entre diferentes grupos