in

Covid-19: FC Porto volta a pisar relvado do Dragão, mais de dois meses depois

O plantel do FC Porto voltou hoje a pisar o relvado do Estádio do Dragão mais de dois meses depois da última vez, antes da I Liga de futebol ser suspensa devido à pandemia da covid-19.

PUBLICIDADE

No fim da segunda semana de trabalho após o regresso aos relvados, com vista ao retorno da competição, em 04 de junho, o treinador Sérgio Conceição levou os seus jogadores ao Dragão, para um apronto com o grupo completo, já que no boletim clínico não há nada a registar.

Segundo informação do clube no sítio da internet, para além dos “aspetos físicos e táticos”, o treino serviu ainda para “fazer a adaptação a algumas das normas vigentes no estádio”, no qual o FC Porto ainda efetuará cinco jogos até ao final da Liga.

Domingo e segunda-feira serão dias de folga e o plantel volta ao trabalho na terça-feira, no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia.

Com 24 jornadas disputadas, o FC Porto lidera o campeonato com 60 pontos, mais um do que o Benfica, segundo, e mais 14 do que o Sporting de Braga, terceiro.

PUBLICIDADE

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas — Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, dos Países Baixos e da Bélgica foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede na Alemanha, que reiniciou hoje, Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 04 de junho.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 307 mil mortos e infetou mais de 4,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,6 milhões de doentes foram considerados curados.

Portugal contabiliza 1.203 mortos associados à covid-19 em 28.810 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

PUBLICIDADE

Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar no gosto ➜  

Receba notícias de última hora e ainda informações importantes sobre Portugal e o mundo, basta clicar no gosto ➜  

Deixe uma resposta

Loading…

0

ARTIGOS RECOMENDADOS

Covid-19: DGS garante que o país está “muito atento” à doença de Kawasaki

Covid-19: Marta Temido assume poder haver informação a “alinhar” com enfermeiros