in

Covid-19: GNR investiga “festa pascal” com beijos e champanhe em Famalicão

A GNR está a tentar identificar as pessoas envolvidas numa celebração pascal, no domingo, numa rua em Vermoim, Vila Nova de Famalicão, com direito a beijos na cruz e a champanhe, disse fonte daquela força à Lusa.

Num vídeo que acabou divulgado nas redes sociais, vê-se uma mesa colocada na rua e uma mulher a dar uma cruz a beijar a cerca de 10 pessoas ali presentes.

Uma vizinha foi chamada a juntar-se ao convívio e mostrava alguma renitência em aproximar-se, mas alguém disse “estamos separados, ninguém vê”.

Outra pessoa alertou que alguém estava a filmar o momento.

“Deixa estar a filmar. Tem de estar a um metro”, atirava outro presente no local.

Segundo a fonte da GNR, o caso será remetido para tribunal.

Em causa poderão estar os crimes de desobediência e/ou de propagação de doença contagiosa.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já provocou mais de 114 mil mortos e infetou mais de 1,8 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Dos casos de infeção, quase 400 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registam-se 535 mortos, mais 31 do que no domingo (+6,2%), e 16.934 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 349 (+2,1%).

Dos infetados, 1.187 estão internados, 188 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 277 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Nove linces-ibéricos nasceram em cativeiro Portugal nos últimos dias

Covid-19: DGS admite ser de considerar uso de máscaras por todas as pessoas em espaços fechados