in

Covid-19: Governo contabiliza 194ME para inovação produtiva nas empresas e investigação científica

Lisboa, 23 jun 2020 (Lusa) — A ministra da Coesão Territorial disse hoje que houve “uma verdadeira avalanche de candidaturas” para apoios à inovação produtiva nas empresas e à investigação e desenvolvimento científico no contexto da pandemia da covid-19, contabilizando 194 milhões de euros.

“Atualmente, o valor disponível já vai em 194 milhões de euros, isto é, não fizemos mais do que responder à procura, uma procura que era absolutamente fundamental nos territórios para responder aos contextos de covid”, afirmou a governante Ana Abrunhosa, numa audição na comissão de Administração Pública, Modernização Administrativa, Descentralização e Poder Local, na Assembleia da República, em Lisboa.

No âmbito da criação de duas linhas de apoio, na sequência da pandemia da covid-19, para apoio às empresas que redirecionaram a produção para as necessidades que a pandemia impôs e para incentivar as atividades de investigação e desenvolvimento científico, a tutela tinha reservado 70 milhões de euros, quase 40 milhões dos Programas Operacionais Regionais, verba que foi reforçada devido à procura.

“A procura, felizmente, ultrapassou as expectativas, houve uma verdadeira avalanche de candidaturas”, indicou Ana Abrunhosa, revelando que houve “1.512 candidaturas que pediram mais de 600 milhões de euros em fundos europeus”.

Neste momento, os Programas Operacionais Regionais sustentam 130 milhões de euros dos 194 milhões de euros a disponibilizar, ou seja, “praticamente 70% deste financiamento”, apontou a governante.

“Concretamente, temos já 376 projetos aprovados, são investimentos de 143 milhões de euros, com apoios de 112 milhões de euros”, avançou a ministra da Coesão Territorial, que tutela os Programas Operacionais Regionais.

 

SSM // MCL

Lusa/fim

Deixe uma resposta

Loading…

0

TAP pediu valor superior aos 1.200 ME atribuídos pelo Estado – Governo

Pedidos de asilo em Portugal aumentaram 45,3% em 2019