in

Covid-19: Itália regista 111 mortes e 416 novos casos nas últimas 24 horas

Itália registou 111 mortos nas últimas 24 horas pela covid-19, um aumento superior aos 87 de sexta-feira, mas o número de novos contágios desceu para 416, segundo os dados fornecidos hoje pela Proteção Civil.

O total de óbitos no país é agora de 33.340 e o número total de infeções é de 232.664 desde o início da crise pandémica, a 21 de fevereiro.

Outro dado significativo é que as regiões da Sardenha, Molise, Basilicata, Calabria e Úmbria não registaram quaisquer novos casos, enquanto mais de metade das infeções (221) foi registada na Lombardia.

Também não houve mortes em 11 regiões.

Apesar do número de mortos, confirma-se no país que a curva epidemiológica está numa descida contínua, já que o número de infeções nas últimas 24 horas foram de 416, em comparação com os 516 de sexta-feira.

O número total de pessoas atualmente infetadas é de 43.691, com uma diminuição de 2.484 doentes relativamente a sexta-feira e a situação nos hospitais também continua a diminuir, onde há 6.680 pessoas com sintomas, o que significa uma redução de 414 pacientes, sendo que 450 estão nos cuidados intensivos, uma descida de 25 nas últimas 24 horas.

Perante estes dados, o Governo mantém a intenção de confirmar as reaberturas a 03 de junho que incluem a reabertura de fronteiras a turistas da União Europeia e a possibilidade de movimento entre as regiões, sem limitações, apesar da maioria dos contágios continuar a acontecer no norte do país.

“Neste momento, não há razões para rever a reabertura planificada de deslocações. Vamos seguir a tendência da curva nas próximas horas”, afirmou o ministro da Saúde, Roberto Speranza, embora a decisão final seja comunicada a 02 de junho.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 364 mil mortos e infetou mais de 5,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,4 milhões de doentes foram considerados curados.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Covid-19: Albuquerque diz que a Madeira não pode ficar à espera do Orçamento Retificativo

Centenas de populares manifestam-se na Trofa contra aterro sanitário