in

Covid-19: Libertados 761 reclusos desde sábado

O número de reclusos libertados desde sábado e até às 18:00 de hoje é de 761, informou o Conselho Superior da Magistratura.

Estes reclusos beneficiaram de mandado de libertação devido às normas excecionais de flexibilização de penas motivadas pela pandemia do coronavírus.

Uma nota do gabinete de apoio ao vice-presidente do Conselho Superior da Magistratura (CSM) adianta que dos 761 reclusos libertados, 344 saíram no sábado (data da entrada em vigor da lei 9/2020), 83 no domingo e 334 hoje (até às 18:00).

Durante todo o dia de hoje, e até às 18:00, beneficiaram da decisão de libertação 334 reclusos em todo o país, dividindo-se por 128 em Lisboa, 65 no Porto, 75 em Évora, 58 em Coimbra e 8 em Ponta Delgada.

O CSM salienta que os cinco Tribunais de Execução de Penas (TEP) de Lisboa, Porto, Coimbra, Évora e Ponta Delgada estão hoje em pleno funcionamento, com o reforço de quadros que se afigurou necessário à aplicação das normas excecionais previstas na lei de flexibilização de penas e medidas de graça destinadas à população reclusa devido à pandemia.

Na quinta-feira, o vice-presidente do CSM , José António de Sousa Lameira, afirmou que os processos para libertação de presos, após análise de juízes, estariam despachados “no prazo de uma a duas semanas”.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registam-se 535 mortos, mais 31 do que no domingo (+6,2%), e 16.934 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 349 (+2,1%).

Dos infetados, 1.187 estão internados, 188 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 277 doentes que já recuperaram.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Covid-19: Bernardo Silva revela que ajuda ao futebol amador foi ideia de Ronaldo

Covid-19: Madeira novamente sem casos positivos