in

Covid-19: Lisboa e Vale do Tejo com 731 casos positivos após 14 mil testes em empresas

Lisboa, 13 jun 2020 (Lusa) — Dos mais de 14 mil testes de rastreio à covid-19 feitos na região de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo em empresas com risco de infeção, 731 casos (5%) deram positivo, revelou hoje o Governo.

“Relativamente à região de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, queria dar conta dos resultados do rastreio em empresas onde houve risco de infeção. Dos mais de 14 mil testes efetuados, 95% foram negativos”, observou o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, na conferência de imprensa diária sobre a pandemia.

O governante esclareceu que, dos 731 casos positivos resultantes deste rastreio, “muitos já foram considerados nos boletins epidemiológicos diários”.

“Os que poderão ainda não estar, por dificuldades de cruzamento de bases de dados, entrarão [no boletim] nos próximos dias”, afirmou, sem especificar quantos casos já foram contabilizados no relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Lacerda Sales destacou o empenho das autoridades “em ter um melhor conhecimento da situação no terreno para melhor adequar a resposta à pandemia nas suas diferentes fases”.

Portugal regista hoje 1.512 mortes relacionadas com a covid-19, mais sete do que na sexta-feira, e 36.463 infetados, mais 283, dos quais 215 em Lisboa, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela DGS.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado o maior número de surtos, a pandemia de covid-19 atingiu os 14.622 casos confirmados, acima dos 14.407 casos totalizados até sexta-feira.

Por sua vez, a região Norte continua a registar o maior número de infeções, com 17.066.

Já a região Centro contabiliza 3.868 casos confirmados, seguida pelo Algarve (393) e Alentejo (281).

Deixe uma resposta

Loading…

0

Covid-19: Não podemos estar descansados porque vírus circula a nível planetário – DGS

Covid-19: DGS admite ser frequente detetar infetados em voos que chegam a Portugal