in

Covid-19: Madeira assinala 3.º dia consecutivo sem registo de novos casos positivos

Funchal, Madeira, 11 abr 2020 (Lusa) – A Madeira assinalou hoje o terceiro dia consecutivo sem registo de casos positivos de covid-19, sendo que dos 50 doentes referenciados desde 16 de março, dois já recuperaram, indicou o Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE).

“Hoje temos a assinalar um segundo doente recuperado. Trata-se de um doente residente na Ponta do Sol [zona oeste da Madeira], que tinha regressado do Reino Unido e testou positivo para covid-19, no âmbito de um rastreio realizado durante o período de quarentena”, explicou a vice-presidente do IASAÚDE, Bruna Gouveia, em videoconferência, no Funchal.

Por outro lado, o secretário regional da Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, sublinhou, na mesma conferência, que “a luta não pode abrandar”, apesar dos “resultados animadores” das medidas de contenção implementadas no arquipélago.

“Estes resultados não devem fazer com que se passem a tomar decisões que podem ser precipitadas. Devemos continuar a ser racionais, responsáveis, sensatos. Não podemos abrir flanco”, afirmou.

Na Madeira, um doente permanece internado na unidade de cuidados intensivos dedicada à covid-19, no Hospital Central do Funchal, em situação estável, e os restantes apresentam sintomas ligeiros e estão em isolamento no domicílio ou em unidades hoteleiras requisitadas pelo Governo Regional.

“Temos, neste momento, dez casos notificados que aguardam colheitas e resultados laboratoriais”, adiantou a vice-presidente do IASAÚDE, vincando que já foram estudados 545 casos suspeitos de infeção pelo novo coronavírus na região desde 29 de fevereiro.

Bruna Gouveia revelou que nas últimas 24 horas foram realizados 93 testes de rastreio à covid-19 em grupos específicos, nomeadamente doentes do Serviço de Saúde da Madeira (Sesaram) que ficaram internados, doentes sujeitos a tratamento, grávidas e doentes transferidos para outras unidades, bem como a pessoas que estão a finalizar o período de quarentena em hotéis.

As autoridades de saúde estão também a acompanhar 383 pessoas em vigilância ativa, das quais dois profissionais de saúde e dois bombeiros do concelho do Porto Santo.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já provocou mais de 103 mil mortos e infetou mais de 1,7 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Dos casos de infeção, mais de 341 mil são considerados curados.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 470 mortos, mais 35 do que na sexta-feira (+8%), e 15.987 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 515 em relação a sexta-feira (+3,3%).

Sugestões para ti