in

Covid-19: Madeira regista mais um caso depois de 42 dias sem novos infetados

Funchal, Madeira, 18 jun 2020 (Lusa) — A Madeira registou hoje um caso positivo para covid-19, depois de ter estado 42 dias sem novos infetados, tratando-se de uma pessoa que desembarcou no aeroporto, na quarta-feira, proveniente de Lisboa, informou a autoridade regional de saúde.

“Durante o dia de hoje foi confirmado um novo caso positivo para covid-19, em contexto de rastreio de passageiros que chegaram à região a 17 de junho”, refere o boletim epidemiológico divulgado pelo Instituto da Administração de Saúde da Madeira (IASAUDE).

A autoridade regional acrescenta que se trata de “um caso importado da região de Lisboa e Vale do Tejo”, sendo um “doente que permanecia em Lisboa desde fevereiro, tendo residência oficial no concelho de Santa Cruz”.

Depois de 42 dias sem registo de novas situações, com este infetado eleva-se para 91 o acumulado dos casos positivos registados na região.

O IASAUDE acrescenta que está a decorrer a “investigação epidemiológica” deste novo caso e que as duas situações ainda ativas na Madeira “permanecem em unidade hoteleira sem necessidade de cuidados hospitalares”.

Também menciona que, até hoje, foram notificados um total de 1.545 casos suspeitos, dos quais 1.454 deram resultados negativos.

O IASAUDE indica que 884 pessoas estão a ser acompanhadas nos diferentes concelhos da região, estando 415 em vigilância ativa e 469 em auto vigilância.

Em termos de realização de testes para despiste da covid-19, aquela autoridade de saúde afirma que foram processadas no Laboratório de Patologia Clínica do Serviço Regional de Saúde (SESARAM) 19.916 testes, abrangendo 17.912 utentes.

Portugal contabiliza pelo menos 1.524 mortos associados à covid-19 em 38.089 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

A pandemia de covid-19 já provocou quase 449 mil mortos e infetou mais de 8,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Bob Dylan edita novo álbum na sexta-feira, o primeiro de originais depois do Nobel

Galp iniciou processo de rescisões e pré-reformas para 200 trabalhadores