in

Covid-19: Mais de 543 mil pessoas estiveram em vigilância em casa – governo

Lisboa, 14 jun 2020 (Lusa) — Cerca de 543.500 pessoas estiveram em vigilância em casa devido a infeção ou suspeita de covid-19 através da plataforma de dados ‘Trace Covid’, revelou hoje o secretário de Estado da Saúde.

“Já 543.500 pessoas estiveram, através da plataforma ‘Trace Covid’, em vigilância em casa pelos serviços de saúde”, afirmou António Lacerda Sales na conferência de imprensa diária sobre a pandemia.

De acordo com o governante, atualmente, 96,6% dos “casos ativos de infeção” estão “a recuperar em casa”.

Portugal regista hoje 1.517 mortes relacionadas com a covid-19, mais cinco do que no sábado, e 36.690 infetados, mais 227, segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

A 21 de maio, mais de 73 mil profissionais de saúde tinham acesso à plataforma de dados ‘Trace Covid’, vigiando mais de 398 mil casos confirmados ou suspeitos de covid-19 em internamento domiciliário, divulgou o secretário de Estado da Saúde.

António Lacerda Sales, disse que passou a ser 73.520 o número de profissionais de saúde com acesso à plataforma e que são mais de 398 mil os casos confirmados ou suspeitos em casa a ser vigiados pelas autoridades da saúde.

Destes, referiu na ocasião, 16 mil estavam em “vigilância clínica”.

De acordo com o boletim divulgado hoje pela DGS, entre os casos de infeção confirmados, 419 estão internados, menos nove do que no sábado, e 73 estão em unidades de cuidados intensivos, abaixo dos 77 registados no dia anterior.

A aguardar o resultado laboratorial estão 1.385 pessoas e em vigilância pelas autoridades de saúde 30.658.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Covid-19: Linha de apoio psicológico do SNS continua ativa e já atendeu 16 mil chamadas

Covid-19: Ponte da Barca exige ao Governo abertura “imediata” da fronteira com Espanha