in

Covid-19: Orçamento Suplementar da Madeira aprovado pela maioria PSD/CDS-PP

Funchal, Madeira, 23 jul 2020 (Lusa) — As propostas de Orçamento Suplementar e Plano de Investimentos apresentadas pelo Governo da Madeira para 2020 foram hoje aprovadas, em votação final global, com os votos favoráveis de PSD e CDS, abstenção de PS e JPP e contra do PCP.

Os documentos foram debatidos na especialidade no plenário da Assembleia Legislativa da Madeira, no Funchal, tendo depois decorrido a votação final global.

O Orçamento Suplementar da Madeira estabelece um reforço de 287,7 milhões de euros face ao valor aprovado para 2020, passando de 1.743 milhões de euros para 2.030 milhões, de forma a fazer face às consequências da crise pandémica da covid-19.

Quanto ao Plano de Investimento da Região Autónoma da Madeira (PIDDAR) para 2020, inicialmente orçado em 548 milhões de euros, será reforçado em 149 milhões, verba que se destina, sobretudo, a apoiar a competitividade e a internacionalização das empresas, segundo o Governo Regional, de coligação PSD/CDS-PP.

A Assembleia Legislativa da Madeira é composta por 47 deputados, sendo 21 do PSD, 19 do PS, três do CDS-PP, três do JPP e um do PCP. Uma vez que há uma coligação entre PSD e CDS-PP, os dois partidos têm maioria absoluta.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Quarta revisão do Regimento da AR aprovada com 175 votos a favor e 51 contra

David Fonseca junta ‘lados B’ e raridades em disco que é editado na sexta-feira