in

Covid-19: Palco 13 lança campanha “nosSOS” para profissionais de teatro em dificuldade

Redação, 30 abr 2020 (Lusa) — A companhia de teatro Palco 13, com sede em Cascais, está a realizar uma campanha de angariação de bens alimentares e donativos em dinheiro para profissionais que estejam em dificuldades nas zonas de Cascais, Sintra, Oeiras e Lisboa.

Os primeiros 53 cabazes angariados — que incluem bens alimentares e outros — vão ser entregues hoje, anuncia a companhia na sua página do Facebook.

“O nosso maior inimigo tem sido a vergonha. Esta iniciativa está construída para que a confidencialidade seja total e para que responda a todas as necessidades de quem precisa (vegetarianos, alimentação infantil, alimentação para animais, medicação)”, lê-se numa publicação da companhia no Facebook, a propósito da campanha “nosSOS”.

A Lusa contactou a Palco 13 a propósito desta campanha esporádica, com o mote “nosSOS”, mas a companhia não quis pronunciar-se sobre a iniciativa.

Os donativos em dinheiro podem ser feitos por transferência bancária para o IBAN PT50002300004543687318294 ou através de MbWay, pelo número de telemóvel 917046197.

Os bens serão entregues a profissionais de teatro das zonas de Cascais, Sintra, Oeiras e Lisboa, que façam chegar pedidos à companhia.

“Somos profissionais de teatro e, em tempo de crise, achamos que não podemos deixar de fazer qualquer coisa a favor dos nossos colegas de profissão. Sabemos que, por causa de espetáculos interrompidos, cancelados e da suspensão de toda a atividade, há quem esteja a passar por dificuldades, e os apoios à classe artística têm sido o que se sabe”, refere a mensagem da companhia.

A Palco13 decidiu então criar um apoio esporádico — “faremos duas entregas”, afirma — que se traduz em cabazes de alimentos essenciais.

A entrega será feita “a quem dos nossos colegas nos pedir”, mediante “absoluta confidencialidade” e levados “à porta de quem nos pedir ajuda”, escreve a Palco13 na sua página da no Facebook.

A companhia tem também um formulário de contacto no qual, quem solicitar ajuda, pode mencionar os bens de que necessita.

A Palco13 nasceu em abril de 2010, no concelho de Cascais, tendo posto em cena 31 textos — numa média de três espetáculos por ano -, como “Muralhas de Elsinore”, de Hugo Barreiros, “Dois Reis e Um Sonho”, de Natália Correia, “O Pranto de Maria Parda”, de Gil Vicente, e “Ricardo II”, de William Shakespeare, a par de uma programação paralela para o público infantil.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Covid-19: Madeira evita “correr riscos” e mantém escolas encerradas no mês de maio

Realizador Pedro Costa premiado nos Estados Unidos