in

Covid-19: Pavilhão Rosa Mota adia eventos e permanece encerrado até final do mês

Porto, 11 mar 2020 (Lusa) – O Pavilhão Rosa Mota, no Porto, adiou todos os eventos agendados para março e vai permanecer encerrado até ao final do mês, revelou hoje à Lusa o presidente da PEV Entertainment, Jorge Lopes.

“Recebemos uma recomendação e, nesse sentido, optamos por encerrar o Pavilhão Rosa Mota até ao final do mês”, afirmou Jorge Lopes.

De acordo com Jorge Lopes, a PEV Entertainment vai fazer o balanço da situação relativamente ao surto de Covid-19 semanalmente, sendo que grande parte dos concertos que tinham agendados estão a ser adiados para outras datas.

“O setor dos eventos tem respondido bem a esta situação, não cancelando os eventos, mas sim, adiando-os”, referiu.

Assim, o concerto do cantor Marco Paulo, que estava previsto para o dia 21 de março foi adiado para 23 de maio, anunciou a promotora Senhores do Ar, segundo a qual, os bilhetes adquiridos permanecem válidos para a nova data.

“Preferindo a devolução do valor do ingresso, pode-se pedir, no respetivo local de compra, no prazo de 30 dias a contar da data do evento adiado”, explicou a promotora.

Também abrangido pelo encerramento do Pavilhão Rosa Mota estará, assim, o concerto de Tony Carreira, previsto para o dia 28 de março e já esgotado.

Portugal regista 41 casos confirmados de infeção por Covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

A DGS comunicou também que em Portugal se atingiu um total de 375 casos suspeitos desde o início da epidemia, 83 dos quais ainda a aguardar resultados laboratoriais.

Segundo a DGS, há ainda 667 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Face ao aumento de casos, o Governo ordenou a suspensão temporária de visitas em hospitais, lares e estabelecimentos prisionais na região Norte, até agora a mais afetada.

Foram também encerrados alguns estabelecimentos de ensino, sobretudo no Norte do país, assim como ginásios, bibliotecas, piscinas e cinemas.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.200 mortos. Cerca de 117 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 63 mil recuperaram.

Sugestões para ti