in

Covid-19: Região de Lisboa continua com tendência decrescente de novos casos

A ministra da Saúde afirmou hoje que permanece uma tendência decrescente de novos contágios de covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo e que o rácio de transmissibilidade (RT) está em 0,94, com uma “evolução favorável”.

Na conferência de imprensa de acompanhamento da pandemia, Marta Temido afirmou que continuam ativos 196 surtos em todo o país, a maioria (119) na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), 41 na região Norte, 13 no Centro e no Algarve e 10 no Alentejo, perfazendo 13.205 casos ativos de covid-19.

Reportando-se a dados da aplicação Trace Covid — que apoia os médicos na gestão de casos — a maior percentagem de casos ativos do novo coronavírus encontra-se em LVT, totalizando 67%, seguindo-se a região norte, centro e depois Alentejo e Algarve.

A ministra lembrou a publicação, na sexta-feira, de uma nova norma da Direção Geral de Saúde sobre o rastreio de contactos das pessoas infetadas, sublinhando que é “absolutamente decisivo” para manter “uma trajetória que dê conforto” o cumprimento rigoroso das medidas de prevenção da transmissão de covid-19.

Sugestões para ti