in

Covid-19: Rio sai do plenário após dar a razão a Ferro sobre excesso de deputados na bancada do PSD

Lisboa, 24 mar 2020 (Lusa) – O presidente e líder parlamentar do PSD, Rui Rio, abandonou hoje o plenário depois de ter concordado com Ferro Rodrigues sobre o número excessivo de deputados na bancada social-democrata, contrariando as regras combinadas em tempo de pandemia de covid-19.

Rui Rio nem tinha feito a intervenção pelo PSD no debate quinzenal, que coube ao deputado Ricardo Baptista Leite, o qual começou precisamente por dizer que o plenário na Assembleia da República não deveria estar reunido, mas apenas a Comissão Permanente, e que estava a colocar em risco “a segunda e terceira figuras do Estado”, presidente da Assembleia e primeiro-ministro, respetivamente.

No final da sua intervenção, Ferro Rodrigues defendeu que o plenário de hoje e todos os que existirem só se realizam por decisão maioritária da conferência de líderes.

“Temos de dar o exemplo pela prevenção e pelo trabalho”, apontou Ferro Rodrigues, referindo “os milhões de portugueses” que trabalham para garantir a saúde e alimentação dos portugueses.

Quando Baptista Leite respondeu que, neste caso, quer o presidente da Assembleia quer a maioria estavam errados, Ferro Rodrigues referiu-se ao número de deputados da bancada do PSD, muito superior ao quinto combinado na reunião de segunda-feira da conferência de líderes.

“Deviam ter 18 deputados e têm 36, lamento mas isso não é responsabilidade do presidente, é da vossa bancada”, apontou.

Nessa altura, Rui Rio pediu a palavra e, dizendo concordar com Baptista Leite de que bastaria o funcionamento da Comissão Permanente, deu razão a Ferro neste ponto.

“O PSD disse que teria aqui 16 [deputados] e tem aqui um conjunto de deputados que aqui não deviam estar e estão. E eu vou ser o primeiro a sair para dar o exemplo”, disse, levantando-se em seguida e abandonando o plenário.

Sugestões para ti