in

Covid-19: Ryanair reduz voos desde e para Espanha entre 16 e 19 de março

O grupo de aviação Ryanair informou hoje que “reduziu drasticamente” os voos desde e para Espanha, incluindo Ilhas Baleares e Canárias, no período compreendido entre segunda-feira e quinta-feira, para conter propagação do surto do novo coronavírus.

“Devido à decisão do Governo espanhol de bloquear todo o país para conter a propagação do vírus Covid-19, o grupo Ryanair (incluindo Buzz e Lauda) foi forçado a reduzir drasticamente os voos desde e para Espanha, incluindo Ilhas Baleares e Canárias entre 16 e 19 de março”, refere em comunicado a companhia aérea irlandesa de baixo custo.

A Ryanair esclarece ainda que todos os clientes afetados “estão a ser notificados por ‘e-mail’ e informados sobre as suas opções”.

“Trata-se de uma situação complexa e com alterações constantes”, explica no comunicado, adiantando que “a segurança e bem-estar” dos trabalhadores e clientes é “a principal prioridade”.

O grupo de aviação Ryanair realça ainda que vai continuar a “cumprir estritamente” todas as diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA).

No comunicado destaca também que vai seguir “todas as restrições de viagem que forem impostas”.

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.700 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ultrapassou as 154 mil pessoas, com casos registados em 139 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 245 casos confirmados.

Sugestões para ti