in

Covid-19: Troféu Joaquim Agostinho será teste para realização da Volta a Portugal

Torres Vedras, Lisboa, 10 jun 2020 (Lusa) — O Troféu Joaquim Agostinho, marcado para julho, servirá de teste para uma decisão final sobre a realização da Volta a Portugal, no quadro da pandemia de covid-19, afirmou hoje o secretário de Estado da Juventude e Desporto (SEJD).

“O Grande Prémio (GP) Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho será uma prova piloto para que haja uma decisão final sobre a Volta a Portugal” de 2020, disse João Paulo Rebelo, admitindo que, “a realizar-se, a prova terá naturalmente outros moldes”.

De acordo com o governante, a Federação Portuguesa de Ciclismo já apresentou um plano para prova ao Governo e à Direção-Geral da Saúde que, “para já, recolheu os maiores elogios e está a ser trabalhado”.

João Paulo Rebelo, que falava na inauguração de uma ciclovia em Torres Vedras, admitiu que “tudo está no bom caminho para que este ano possa acontecer a Volta Portugal”, prova que, segundo o calendário da União Ciclista Internacional, deverá decorrer entre 29 de julho a 09 de agosto.

Manifestando o desejo de que 2020 “não fique também marcado como o ano no qual não se realizou a Volta a Portugal”, João Paulo Rebelo alertou para o facto de a prova ter de decorrer em moldes diferentes do habitual.

“Ninguém tem dúvida de que, a acontecer, a prova não acontecerá com aquela festa de ajuntamentos de pessoas, que momentos tão inesquecíveis trouxeram a muitos, mas que este ano não poderão acontecer nesses termos”, afirmou.

A 43.ª edição do GP Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho em bicicleta deverá realizar-se entre 18 e 20 de julho, depois de ter sido reduzida de quatro para três dias.

O SEJD inaugurou hoje 12 quilómetros de ciclovias na cidade de Torres Vedras, um investimento que ultrapassa meio milhão de euros e visa promover o uso da bicicleta e tornar a cidade mais segura.

Deixe uma resposta

Loading…

0

Prisão preventiva para três suspeitos no caso da morte do estudante cabo-verdiano em Bragança

Covid-19: Restaurantes, cafés e pastelarias com horário reduzido até domingo