in

Covid-19: Verdes apoiarão decisões com “suporte técnico” e concordância de autarcas

Lisboa, 22 jun 2020 (Lusa) – O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) assegurou hoje que apoiará decisões do Governo para conter a pandemia de covid-19 que tenham “suporte técnico” das autoridades de saúde e a concordância dos autarcas.

No final de uma audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém, o líder parlamentar e dirigente d’ “Os Verdes”, José Luís Ferreira, saudou a reunião de hoje do primeiro-ministro com os presidentes dos cinco municípios da área metropolitana de Lisboa que despertam maior preocupação devido ao elevado número de novos casos de covid-19 nas últimas semanas.

“O Governo está tomar o caminho correto, ouvir os autarcas antes de tomar decisões, e depois terá de ter o suporte técnico da Direção Geral de Saúde (DGS). Qualquer decisão do Governo que tenha suporte da DGS e o apoio dos autarcas terá a nossa concordância”, assegurou.

Ainda assim, José Luís Ferreira considerou que o caminho não passa, à partida, por nova legislação.

“O problema não é falta de legislação, a intervenção penal deve ser uma solução de fim de linha, só tomada quando as outras falham”, defendeu, dizendo que o partido aguardará pelo fim da reunião do Governo com os autarcas e pelas medidas concretas.

O Presidente da República começou hoje a ouvir os partidos com representação parlamentar sobre a situação sanitária do país, o Orçamento Suplementar para 2020 e o Programa de Estabilização Económica e Social do Governo.

Além d’os Verdes, já foi recebida também a Iniciativa Liberal, seguindo-se hoje, por esta ordem, Chega, PAN – Pessoas, Animais, Natureza e CDS-PP.

As audiências com os restantes quatro partidos representados na Assembleia da República, PCP, Bloco de Esquerda (BE), PSD e PS, decorrerão na terça-feira.

Também hoje, o primeiro ministro, António Costa, está reunido com os presidentes dos cinco municípios da área metropolitana de Lisboa que despertam maior preocupação devido ao elevado número de novos casos de covid-19 nas últimas semanas.

A reunião ocorre num momento em que Portugal regista 1.530 mortes e 39.133 casos desde o que foi reportado o primeiro caso de contaminação pelo novo coronavírus, em 02 de março.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado recentemente o maior número de surtos, a pandemia de covid-19 atingiu até domingo os 16.762 casos confirmados, mais 225 do que no sábado, o que corresponde a 77% dos 292 novos contágios reportados em relação ao dia anterior.

Deixe uma resposta

Loading…

0

BES: Lesados do papel comercial recebem hoje 76,2 ME referente a último pagamento

Dois mortos em acidente na A4 em Amarante envolvendo viatura dos bombeiros