Crias de australopiteco foram amamentadas, segundo estudo científico

As crias de uma espécie humana extinta que viveu em África foram amamentadas até ao primeiro ano de vida, segundo um estudo publicado hoje na revista científica Nature.

Na investigação da faculdade de medicina Icahn, de Nova Iorque, foram estudados os dentes fossilizados do Australopithecus Africanus, uma espécie de hominídeo natural da zona que é hoje a África do Sul.

A autora do estudo, Christine Austin, analisou os minerais nos dentes dos recém-nascidos, uma vez que o leite materno contem bário, que se acumula nos dentes.

Nos fósseis estudados, havia bário acumulado, o que levou os investigadores a calcular que as crias tinham sido amamentadas durante um ano, um período que pode ter-lhes permitido sobreviver a uma escassez de alimentos, refere-se no artigo da Nature, uma circunstância que a espécie pode ter enfrentado repetidamente e que pode ter levado à sua extinção.

Outros conteúdos na web

Comente, qual a sua opinião?
A carregar...

Recomendados

Recomendados