in

Crime macabro no Algarve: 25 anos de cadeia para Maria e pena efetiva para Mariana

CMTV

O Tribunal de Portimão marcou para esta terça-feira a leitura do acórdão do caso das duas mulheres acusadas da morte de um homem em 2020, no Algarve, para quem a acusação pedia penas de prisão superiores a 20 anos.

Maria Malveiro foi condenada a pena máxima de 25 anos de cadeia, já Mariana Fonseca foi absolvida do crime de homicídio ficando com uma pena de quatro anos. 

Mariana Fonseca, enfermeira, e Maria Malveiro, segurança, mantinham entre si uma relação amorosa na altura dos factos e foram acusadas dos crimes de homicídio qualificado, profanação de cadáver, acesso ilegítimo, burla informática, roubo simples e uso de veículo.

As mulheres cometeram os crimes com o intuito de se apoderarem de uma quantia de 70 mil euros que Diogo tinha recebido de indemnização pela morte da mãe, atropelada em 2016, na zona de Albufeira.

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Deixe uma resposta

Loading…

0

Especialistas pedem cautelas até se alcançar imunidade de grupo

Maiores de 65 anos podem pedir vacina nos Espaços Cidadão a partir de 4.ªfeira

Sugestões para ti